Aula Campo de Ciências sobre Plantas


Texto da professora Andréia Regina Sieni.

Setembro floriu para os alunos dos 3º anos da Escola Evangélica de Carambeí. Em uma visita supervisionada a floricultura Veschoor, os alunos puderam reconhecer a diversidade das plantas, analisar suas características, conhecer melhor algumas espécies de flores, identificar as principais estruturas das flores e explorar o mundo vegetal de forma mais dinâmica e contextualizada, além de despertar para o olhar ecológico, possibilitando aos alunos a compreensão da preservação do meio ambiente.
Perceberam que as plantas são muito importantes, porque nos dão ar puro para respirar e podem ser encontradas em diversos meios, como o solo no meio terrestre, outras na água (doce ou salgada), o meio aquático e ainda as que se encontram presas em galhos de outras plantas ou em cercas, no meios aéreos chamadas de plantas epífitas.
À medida em que foram observando a variedade de plantas, surgiram questionamentos pertinentes ao tema, como por exemplo:
“As plantas nascem de mudas ou de sementes?”
“Que plantas atraem o agente polinizador beija-flor?”
“As plantas carnívoras atraem qual agente polinizador?”
“Você tem alguma planta epífita?”
“Qual o nome científico da roseira?
Quais são as plantas dessa estação?”
“Onde se localiza a parte masculina da violeta?”
“O que são plantas híbridas?”
“Que plantas melhor se adaptam ao calor?”
Vale ressaltar que as atividades experimentais são uma maneira de cultivar o interesse pela Ciência. Contudo, por mais simples que seja uma experiência, faz-se necessário fundamentá-la na metodologia cientifica, instigando a curiosidade dos alunos e valorizando em especial os registros de suas observações e conclusões acerca do conhecimento já existente, buscando uma aprendizagem mais significativa e transformadora do meio no qual está inserido.





































Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Projeto Células

“Como surgiu o fogo?”

Tempo